31/08/2018

Sistemas de referência DATUM e de coordenadas

O DATUM é um termo muito utilizado quando se quer fazer menção ao sistema de referência. Do plural data, cujo nome vem do latim dado, que se refere a detalhe. Modelo matemático teórico da representação da superfície da Terra utilizado pelos cartógrafos em um determinado mapa ou carta. O DATUM disponibiliza o ponto de referência a partir da representação gráfica dos paralelos e meridianos.

A diferença de um DATUM para o outro estão baseadas em modelos matemáticos distintos da forma e dimensões da Terra, bem como da projeção representada.

DATUM – Sistema de Referência

O sistema de referência DATUM é de suma importância uma vez que ele se prende à necessidade de projetar um objeto curvo e a 3 dimensões (a Terra) como referência, num plano a duas dimensões mantendo no entanto os cruzamentos em ângulos retos dos meridianos e paralelos (o mapa), ou seja, o DATUM faz a medição a partir de parâmetros e pontos de controle utilizados para definir a forma tridimensional da Terra.

O georrefenciamento, os dados gerados através de levantamentos topográficos, geodésicos e por sensoriamento remoto, que têm como base o Sistema Geodésico Brasileiro (SGB), servem como uma fonte de informações e dados para uma série de aplicações na agricultura. Os sistemas mais utilizados em mapeamento são os sistemas de coordenadas: geográficas ou geodésicas, planas e cartesianas, sistemas presentes em Receptores GPS.

Com a evolução da tecnologia tanto a produção cartográfica quanto a produção geodésica no Brasil são baseadas em diferentes sistemas de referências. As redes geodésicas são vinculadas ao SAD69 e compreendem as estações Doppler e as redes de GPS de alta precisão.

Mundialmente falando existem vários DATA (plural de DATUM), mas no Brasil podemos considerar três como reconhecidos em nosso órgão oficial IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que são:

  • Córrego Alegre: Na década de 50 foi adotado o Sistema Geodésico Córrego Alegre, o qual tinha como vértice o ponto Córrego Alegre e o elipsóide Internacional de Hayford de 1924 como superfície de referência, sendo seu posicionamento e orientação determinados astronomicamente.
  • SAD69: Em 2005 o SAD69 foi substituído pelo SIRGAS2000. A imagem geométrica da Terra é definida pelo elipsóide do sistema geodésico de referência — GRS-67 —, aceito e recomendado pela UGGI, em Lucerna, no ano de 1967.
  • SIRGAS2000: o IBGE definiu o SIRGAS2000 (Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas) como o Sistema Geodésico Brasileiro.

Estes três sistemas referem-se a concepções diferentes. Enquanto a definição do SAD69 é topocêntrica, por exemplo, a orientação do SIRGAS2000 é geocêntrica, ou seja, esse sistema adota um referencial de origem em três eixos cartesianos localizados no centro da massa da Terra.

Sistema de coordenadas

Um sistema de referência é composto por figuras geométricas posicionadas no espaço que representam a superfície da Terra, permitindo que cada ponto dessa mesma superfície tenha um único terno de coordenadas (X, Y, Z, por exemplo).

Já os sistemas de coordenadas são aqueles responsáveis por dar os valores quantitativos numéricos em relação a sua origem para o ponto em questão.

Em matemática, um sistema de coordenadas é um sistema para se especificar uma ênupla, ou seja, sequência ordenada de n elementos de escalares a cada ponto em um espaço n-dimensional. Ou seja, em resumo, um sistema de coordenadas é uma ferramenta matemática utilizada para localizar um objeto num espaço de n dimensões. Ele é responsável por mostrar os valores quantitativos numéricos em relação a sua origem para o ponto em questão.

O sistema de coordenadas pode ser dividido em sistema de coordenadas cartesianas, cilíndricas, polares, elípticas e geográficas.

As geográficas têm um aspecto curvilíneo e por isso é passada em grau, minuto ou segundo, conhecidas como latitude e longitude.

As coordenadas planas são projetadas no meio curvo conhecido como elipsóide para o plano, como por exemplo um cilindro envolvendo o elipsóide.

  • Elipsóide: Modelo matemático que define a superfície da terra;
  • Geióde: Superfície de mesmo potencial gravitacional (equipotencial) melhor adaptada ao nível médio dos mares.

Utilização dos sistemas referencial

Utilizados na cartografia e no monitoramento geográfico estes sistemas estão presentes nos receptores GPS.

Qualquer atividade que necessite receber ou fornecer informações espaciais em escalas relevantes, seja para instituições governamentais ou para instituições produtoras da cartografia, é necessária à adoção destes sistemas.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos? Mantenha-se atualizado com assuntos relevantes acompanhando o nosso blog.

Localização

Escritório Ribeirão Preto
Escritório São Paulo - Departamento de Locação
Logo
Nós usamos cookies

Este site usa cookies para aprimorar sua experiência de navegação.